Skip to main content
shutterstock_676571539

A importância da exposição estratégica de produtos no PDV para aumentar as vendas

Toda loja ou negócio que se preocupa com a experiência do consumidor e deseja aumentar suas vendas deve investir na exposição de produtos que complementem a composição do cenário. Neste artigo nós vamos falar um pouco a respeito da importância dessa estratégia. Continue a leitura!

shutterstock_676571539

Uma questão de estratégia de merchandising

Muitas coisas estão envolvidas no processo que leva um consumidor a decidir comprar um produto, pois o marketing engloba desde a propaganda que enche os olhos até a visita do cliente à loja. Entretanto, o ato de ir até o estabelecimento não é um sinônimo concreto de que o consumidor efetuará a compra. Nessas horas, é necessário investir em ações de merchandising, com foco na comunicação visual da exposição de produtos que convençam o cliente a comprar quando ele estiver no PDV.

 

Impacto visual

Os humanos são seres muito visuais. “Sentimos” muito mais com os olhos do que com qualquer outro sentido. Portanto, o impacto visual é o que mais chama a atenção do consumidor quando ele entra na loja, é por isso que deve-se investir em um layout atrativo, com boa distribuição das sessões e que demonstre a personalidade da empresa.

 

Tudo começa pela vitrine

Em qualquer tipo de negócio, seja venda de produtos para atacado ou varejo, deve-se ter um cuidado especial com a montagem e composição das vitrines, pois elas são o cartão de visita físico do seu negócio, uma vez que o encantamento do consumidor pelos artigos fica por conta de uma vitrine chamativa que criará o primeiro impulso para a compra.

shutterstock_123330580

Para começar, a escolha de um tema é imprescindível para criar um clima único na vitrine da sua loja. Por exemplo, se o foco do seu negócio for vender sousplat, jogos americanos, guardanapos de tecido e artigos para mesa posta em geral, organizar a vitrine de acordo com a sazonalidade ou data comemorativa da época cria um apelo de compra imediata. No Dia dos Namorados, por exemplo, expor artigos mais sofisticados, com cores que representem a data (rosa, vermelho, etc.), gera o desejo de compra para compor um jantar romântico assim como exposto na vitrine. Além disso, a iluminação certa é um grande “plus” que pode ajudar tanto a evidenciar um produto ou esconder das vistas do consumidor. O ideal no momento da montagem da vitrine é que o responsável se coloque no lugar de cliente e analise a melhor forma de evidenciar os artigos, apresentando os produtos e serviços com pequenas “histórias” criadas para envolvê-lo.

 

 Os produtos como parte do cenário e organização das gôndolas

Conquistado pela vitrine, o cliente entra na loja e visualiza o panorama geral da disposição dos produtos. Nesse momento, ele logo direciona sua atenção para composições que despertam mais interesse e a atração principal fica por conta dos cenários montados com os artigos que são comercializados, como, por exemplo, um quarto decorado de uma forma conceitual, ou uma mesa posta com itens impactantes e modernos, como caminhos de mesa e toalhas bem trabalhadas que realmente chamem a atenção e estejam inseridos em um contexto (assim como mencionado no tópico anterior).

3

2

No caso de lojas que vendem artigos de cama, decoração e mesa posta em atacado, o que pode ou não determinar a venda dos produtos é a organização das gôndolas. Muito além de um simples espaço para exposição dos produtos, as gôndolas impactam diretamente no desempenho das vendas da loja. Por isso, se você pretende aumentar a lucratividade no seu negócio, investir no planejamento da posição de cada item é extremamente necessário. O lojista deve realizar um balanço das categorias presentes na loja para avaliar a lucratividade, a estrutura dos produtos, o preço e o giro de compra e venda. Sendo assim, é necessário seguir alguns passos importantes, como privilegiar os artigos desejados, não misturar segmentos no mesmo planograma, reavaliar este planograma periodicamente e medir os resultados de uma nova organização das gôndolas.

shutterstock_519386143

Dessa forma, será possível definir uma estratégia que privilegiará as prateleiras com os “melhores produtos”, que devem ficar na mesma altura dos olhos para que os consumidores tenham mais contato com esses artigos e, consequentemente, comprem ainda mais.

Conclusão

Quando o cliente entra na loja procurando algo específico e se depara com itens que compõem o cenário, ele pode acabar não apenas encontrando a mercadoria desejada, mas, também, outras coisas que possam suprir suas necessidades. Então abuse da criatividade e crie um layout para seu PDV que contenha muitos elementos essenciais para a lucratividade do seu negócio.

Quer saber mais dicas e novidades? Então continue acompanhando nosso blog!



Share article on

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *